fbLíderes de crescimento e queda da semana | IFCM Brasil

Líderes de crescimento e queda da semana

Nos últimos 7 dias, o dólar americano continuou a enfraquecer. O pacote geral de medidas de estímulo econômico nos EUA pode chegar a US $4 trilhões. Neste contexto, a inflação dos EUA disparou 0,6% em março em comparação com fevereiro. Este é o maior aumento mensal desde agosto de 2012. Em termos anuais, a inflação nos Estados Unidos em março foi de 2,6%, muito superior à taxa do Fed (+0,25%) e ao rendimento do título de 10 anos dos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, os líderes do Fed declaram constantemente a necessidade de manter uma taxa baixa e continuar a recompra de títulos no valor de US $120 bilhões por mês (o atual programa de flexibilização quantitativa). O dólar da Nova Zelândia se fortaleceu devido ao anúncio do Banco de Reserva da Nova Zelândia (RBNZ) de que manterá sua política atual. Ao mesmo tempo, existe a possibilidade de aumento da alíquota (+0,25%) em caso de aumento da inflação.

Nos últimos 7 dias, o dólar americano se enfraqueceu em relação a quase todas as moedas. A principal razão para isso foi o novo plano do presidente dos EUA, Joe Biden, de desenvolver a infraestrutura americana no valor de US $2 trilhões. O pacote geral de medidas de estímulo econômico pode chegar a US $4 trilhões, o que aumenta os riscos inflacionários. A economia americana dá sinais de recuperação ativa da epidemia de coronavírus. No entanto, de acordo com a ata do FOMC de março, o Fed pretende manter taxas baixas e política monetária moderada. Esse é mais um fator para o enfraquecimento do dólar. Por sua vez, o euro se fortaleceu nas perspectivas da retomada da vacinação em massa na Europa. Além disso, em março, o crescimento dos indicadores econômicos europeus da atividade empresarial Markit PMI no setor de manufatura e serviços superou as previsões.

Over the past 7 days, prices for oil, non-ferrous metals and other mineral raw materials decreased but still remained high. As a result, the currencies of the commodity countries strengthened: the Canadian dollar, the Australian and New Zealand dollars, the Mexican peso, and the South African rand. The Japanese yen weakened after the release of negative economic indicators: Balance of Trade, Industrial Production and a number of other indicators of business activity in the industry. Moreover, the yen was negatively affected by Haruhiko Kuroda's (the head of the BoJ) belief that Japanese inflation is unlikely to reach the +2% target by 2024. In January 2021, it was -0.6% in annual terms. Investors believe that the Bank of Japan will continue its soft monetary policy.

Nos últimos 7 dias, os preços do petróleo continuaram subindo. Devido a isso, houve um fortalecimento das moedas dos países produtores de petróleo: o rublo russo e o dólar canadense. O dólar da Nova Zelândia enfraqueceu após a publicação de indicadores econômicos negativos: ANZ Business Confidence e Electronic Retail Card Spending.

Nos últimos 7 dias, os preços do petróleo continuaram crescendo. Os metais preciosos, incluindo ouro, caíram de preço. Neste contexto, se verificou o aumento das ações petrolíferas, o fortalecimento do rublo russo e o enfraquecimento dos dólares australiano e neozelandês, bem como do rand sul-africano. O dólar americano se fortaleceu com o crescimento contínuo dos rendimentos dos títulos do governo dos Estados Unidos.

Sinais de negociação com uma probabilidade de até 80% do consultor Autochartist

  • Fácil de usar
  • Totalmente automatizado
  • Grande variedade de análises